segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

15° dia Cusco a Huiro 391km


Dia 3 de janeiro de 2015
As 6:00 desmontei o acampamento e segui viajem, por muitos sobe e desce e muitas curvas, por paisagens lindas e construções pré-Incas e Incas a beira da estrada como as abaixo:

 Ruínas de Pikillaqta, povo pré inca que viveu aqui entre 500 e 1100 D.C.






             Pão do Peru, muito gostoso, passei vários dias comendo ele de manhã, a noite e as vezes foi meu almoço.

 Chegando em Cusco

 Catedral de Cusco



 Algumas figuras passeando pra ganhar dinheiro com fotos

 Pedra de 12 ângulos

 Gente de todo tipo circula por essas vielas
 E brasileiros têm bastantes

 Centro de Cusco

Templo do Sol, Cusco 

 Um dos lugares de onde tiravam as pedras para as construções inca.

 Sítio arqueológico de Puka Pukara

Vista para o vale sagrado

       Segui até Pisac e na entrada no Sítio tive que escolher entre pagar R$70,00 para ver somente Pisac ou R$130,00 para ver todos os sítios do Vale Sagrado mais os museus de Cusco, lógico que optei por conhecer tudo, já que queria conhecer os outros sítios e cada um deles seria cobrado R$70,00, então segui para conhecer o sítio, que parece uma miniatura de  Machu Picchu. O sitio é muito lindo, o dia estava nublado e as vezes abria o sol e por fim apareceu um arco-iris para coroar minha visita.
       





 Não encontrei o pote de ouro lá no fim do arco-iris, acho que deveria ser Pisac mesmo o outro deste arco-iris.


          As fotos não conseguem mostrar como Pisac é bonita, não tem um ângulo bom para se pegar todo o sítio na foto.
         Saí do sítio já passava de 15:30, não daria tempo de pegar o sítio de Ollantaytambo aberto, fecha as 16:00, então minha meta era chegar o mais próximo possível de Santa Teresa, a cidade de onde eu começarei minha caminhada até Águas Calientes
       Peguei a estrada e cheguei a Ollantaytambo, de cara no inicio da cidade tem uma rua pavimentada com pedras de rio, das grandes pensei que se tivesse uns 5km de estrada daquele tipo pra frente eu deixava a moto ali e ia de trem de tão ruim que era, a 10km/h era difícil de andar, pra minha sorte era só uns 500 metros. Eu achava que a partir de Ollantaytambo a estrada seria toda de barro até Santa Teresa, mas para minha alegria ela era asfaltada até Santa Maria. Depois de Ollantaytambo ainda tem mais 1km de estrada de barro e começa o asfalto novamente, uma estrada muito bonita com muitas curvas em U, no inicio da subida começou a chover e como é uma montanha a possibilidade de acampamento é pequena e pra piorar chovendo, antes de eu chegar ao ponto mais alto da montanha já estava escuro, para minha sorte a luz da PCX é muito boa em relação as outras motos da categoria dela. Como já estava escuro o jeito era seguir até a próxima cidade e arrumar um hotel barato para ficar. Fui subindo até chegar no topo a 4316m com chuva e muito frio  e comecei a descer e alguns kilometros depois o meu maior medo se confirmou, tinha agua na pista em muitos lugares, em alguns lugares tinha uma lamina de água de uns 10cm, a cada lugar destes eu descia e passava a pé primeiro e voltava pra moto e passava me cagando, não sei se por este motivo depois de passar por alguns desses lugares me bateu uma dor de barriga que me fez parar ali na chuva e no meio da montanha pra dar uma aliviada, foi uma experiencia nada boa, mas tudo deu certo, para minha sorte minha irmã tinha me dado lenços umidecidos isso fez com que a chuva não o estragasse antes de eu poder usar.
         Era quase meia noite quando cheguei a Huiro, uma cidadezinha antes de Santa Maria, vi um hotel e parei para perguntar quanto era a diária e pra minha sorte era o que eu estava procurando, mais ou menos, era R$20,00, perguntei sobre chuveiro quente, o cara olhou pensou e falou: "Aqui a gente está acostumado com banho frio, não tem chuveiro quente!"   E eu com frio, fazer o que neh, tive que aceitar, coloquei a moto pra dentro do hotel e fui pro quarto, coloquei o meu saco de dormir sobre a cama e dormi nele sem banho mesmo, vai saber se eles lavavam a roupa de cama. E assim foi meu dia, com 391km rodados até as 21:00.