quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

17° dia Huiro a Cusco 247km


Dia 5 de janeiro de 2015

       Saí do hotel as 6:00 já que estava chovendo forte até este horário, esperei um pouco porque os locais onde a água passa por cima da rodovia poderia ter muita água. Comecei a subir a serra e ver o que não tinha visto no dia anterior que eu tinha passado no escuro por ali. Paisagens muito lindas, muitas curvas fechadas e construções Inca ao lado da estrada.



 Uma das várias passagens de água sobre a rodovia



Muro Inca 

      Cheguei em Ollantaytambo com chuva e perto do meio dia com a moto piscando a reserva a tempo. Parei em uma banca que fazia câmbio para trocar U$50,00 pois já não tinha mais soles e quando vou ligar a moto ela não pegou, tinha acabado a gasolina. O jeito foi desamarrar o galão e abastecer debaixo de chuva mesmo, já que ali não tinha posto por perto. Depois disso fui visitar as ruínas dos Incas que ficam na cidade, debaixo de chuva vestido com a capa, botas e capacete.










       Depois de visitar as ruínas procurei um restaurante para almoçar. Achei um preço legal e comida boa por R$10,00.

De entrada uma sopinha da galinha.




Vista do vale sagrado

 Moray


 Salinas de Maras



      Depois de visitar as salinas de Maras fui a Urubamba tentar renovar o meu seguro SOAT que vencia hoje, o único representante que vendia o seguro me disse que vendia apenas para 30 dias e que custaria U$30,00, sendo da mesma seguradora que fiz quando entrei no Peru, não aceitei e ela disse que eu poderia tentar em Cusco, deixei para amanhã ver lá.


       Aproveitei para trocar o óleo que já estava com 8000km rodados, em uma concessionária Honda por R$25,00. Eu tinha levado um litro junto, mas tive que ir completando na viajem e não tinha mais 800ml no litro.
       Com o óleo trocado fui em direção a Cusco e acampei as margens da rodovia em uma plantação de eucalipto.

     Neste dia rodei 247km até as 18:00.