sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

28° dia de San Juan a Cordoba 520 km

Dia 6 de janeiro de  2016


           O retorno




          Acordamos cedo e fomos ao hospital, o Cristian foi junto. Estacionamos na frente e o Roberth foi lá fazer o "resgate", demorou quase umas duas horas até que ele voltou para pegar o carro para pegar o Samuel dentro do pátio do hospital, acompanhamos até o portão e ficamos aguardando o embarque do Samuel. Enquanto aguardava fiquei conversando com um homem, que também esperava a saída  de alguém, e ele estava me contando que foi ver uma moto para comprar, me mostrou a simulação de financiamento, ficaria m 36 vezes, 3 vezes mais caro, 36x de 3900 pesos, e me mostrou o carro que ele tinha comprado, um Renault antigo que fazia 18 km/l, por 4000 pesos. O financiamento de veículos lá é pior que aqui, juros muito altos.
          Finalmente o Samuel saiu com o Roberth e fomos para a estrada, o Cristian foi junto nos acompanhou até a saída da cidade, acho que pra ter certeza que não voltaríamos pra casa dele.  hehehe 





Com a perna devidamente consertada agora ele vai como navegador do Roberth.


E para o lanchinho, mais papas fritas.

              Nos despedimos do Cristian já eram 12:30 horas, andamos por horas por lugares pouco atrativos visualmente até chegar a Mina Clavero, estrada muito bonita e com muitos hotéis muitas curvas e vegetação. A estrada em nada lembra os outros lugares da Argentina em que passamos, casas bonitas, ruas limpas, muito verde, etc. Fomos subindo a montanha e logo a vegetação ficou como as do agreste e fomos subindo, pegamos uma chuva forte, de verão, que logo parou.

Depois da chuva o sol estava tentando escapar por meio das nuvens.




Pensa num vento...

 Quebrada del Condorito.


            A região antes da quebrada é muito linda, vale uma visita, tem vários lagos, hotéis e spas e é como a praia do pessoal de Córdoba nos finais de semana, deve estar a uns 100 km de lá. Terminamos de subir a quebrada já era fim de tarde e não estava fácil de achar um lugar bom pra acampar, desta vez tínhamos que esconder o carro também. Faltando uns 50 km para chegar em Córdoba entrei em uma estradinha que saia da rodovia para procurar um lugar para acampar, acabei achando um bom lugar que caberia o carro, voltei e chamei os dois, fomos até e montamos o acampamento. Depois das barracas montadas era a vez de o Samuel sair do carro e ir para a barraca com as muletas, ele ainda estava passando um trabalho para andar, pois estava aprendendo ainda. Saiu do carro e ao lado tinha uma arvore com espinhos que dificultou um pouco a passagem e depois para entrar na barraca também deu trabalho pois não conseguia dobrar a perna, enfim ajudamos e ele conseguiu deitar. Fomos pra cama também, esta noite choveu bastante.